Blog do Lacy, 10 anos no ar! Lima Campos, passa aqui!

quarta-feira, 19 de março de 2014

VOTAÇÃO DE VETO DE CRIAÇÃO DE NOVOS MUNICÍPIOS FICA PARA 15 DE ABRIL


Emancipalistas do Ceará acompanharam as negociações no plenário da Câmara Federal ao lado de parlamentares que defendem a matéria
Emancipalistas do Ceará acompanharam as negociações no plenário da Câmara Federal ao lado de parlamentares que defendem a matéria

Devido à obstrução dos partidos no Senado, a sessão do Congresso da terça-feira (18) foi adiada para o dia 15 de abril. O principal motivo da obstrução foi a polêmica em relação à votação do veto ao projeto com novas regras para criação de municípios (PLS 98/2002).

A matéria já devia ter sido votada no mês passado, mas os partidos do Senado Federal ainda estão costurando uma proposta alternativa para o tema.

Lamento
Vários deputados lastimaram a postura tomada pelos senadores de adiarem a votação. Segundo eles, o Senado Federal se curva, constantemente, aos desejos da presidente Dilma Rousseff. Os deputados ainda criticaram o fato de os senadores terem feito o documento para obstrução antes mesmo de a sessão ter sido iniciada, o que impossibilitou um debate sobre a questão.

Subserviência
O senador Magno Malta (PR-ES) também manifestou descontentamento com a atitude dos senadores de não comparecem à sessão. Malta afirmou que não pretende participar desse acordo decidido pela presidente. “Esse abacaxi não é nosso, esse abacaxi é da presidente Dilma. O Senado e o Congresso têm que entender, o meu partido é da base do governo, mas eu não estou disposto à subserviência”, disse.

Novo texto
O autor do projeto vetado, Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), já informou que ele mesmo vai apresentar um novo texto, para atender demandas do governo, bem como demandas dos congressistas. Essa proposta alternativa deve ser votada no Senado e na Câmara dos Deputados em regime de urgência.

Com informações da Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário